Configurando IC-7100 para JT65 e JT65Alert modos digitais

Fiz este vídeo demonstrando os passos para usar o IC-7100 em modo digital JT65 além de como configurar o rádio e o programa no seu computador windows.

Download JT65 clique aqui

Download JT Alert clique aqui

Espero que possa ajudar aos diversos amigos que tem necessidades de aprender a utilizar ro JT65 ou qlq outro programa para modos digitais.

jt65cap

Caso tenha dúvidas comente o post aqui no meu site.

Forte 73 a todos.

Rubens Zolotujin
PU2LRZ

Configurando passo-a-passo Raspberry Pi com a imagem D-Star Repeater e DVAP

20151001_141345

Configurando o Raspberry PI com a imagem D-Star Repeater +ircDDB + VNC Widget Version B,B+,V2 Compatible

Vendo a necessidade de atualizações dos software resolvi fazer esta novo vídeo e dispor um passo-a-passo explicativo.

Download da imagem clique aqui

Download do programa para gravar a imagem no cartão SD clique aqui

Maiores informações entre em contato, 73.

Rubens Zolotujin
PU2LRZ

ECHOLINK, JUSTIÇA SEJA FEITA

Radioamador desde 1983 vejo no Echolink um sistema versátil, que permite ser acessado com os mais variados dispositivos, rádios transceptores, HTs, notebook, PCs, Smartphone, Tablet etc.

Pode parecer um bicho de sete cabeças para alguns colegas que não tem familiaridade com a informática, mas com um pouco de prática, em pouco tempo nos apaixonamos pelo sistema e o dominamos completamente.

É um sistema democrático, pois é permitido a todas as classes A, B, ou C. Para montarmos uma repetidora convencional é necessário sermos classe A, para colocarmos um Link no ar, basta sermos radioamador. Muitos Links são mantidos por colegas classe C (PU). Para montarmos um Link, basta um rádio de VHF ou UHF, um PC com internet e uma interface, que pode ser adquirida pela Internet (Mercado Livre). Muitos colegas já têm esses recursos, faltando apenas a Interface, que pode custar apenas CR$ 60,00. Quem possuir alguma habilidade poderá confeccioná-la por apenas R$ 8,00.

O programa é gratuito, está disponível na Internet. http://www.echolink.org

Acredito que os interessados devem iniciar como usuário simples, fazendo uso de um PC e após alguma prática partir para montar um Link.

Tenho freqüentado diariamente uma das Redes (Ambrasil) desde 2007 e nesses cinco anos contamos com um ótimo ambiente. Os freqüentadores são radioamadores de todos os Estados do Brasil e do resto do mundo. Percebo que são colegas de mente aberta, que não rejeitam outras modalidades como PSK, CW, HF, D-Star, SDR etc.

Outra vantagem do sistema é o fato de ser possível o bloqueio de QRMs propositais, tão freqüente no VHF. Mesmo radioamadores prefixados, que operam de modo antiético, podem ser bloqueados. Existem os administradores que fazem este trabalho de forma anônima.

Normalmente estamos com aproximadamente 10 Links no ar e mais os usuários simples, todos conectados e operacionais. Ao entrarmos no sistema, estamos acionando uma enorme estrutura, praticamente sem custo financeiro.

A Internet é muito sedutora, pois oferece muitas vantagens em relação ao Radioamadorismo convencional. Assim, muitos radioamadores estão deixando o hobby para irem para a Internet. Isto configura um grande prejuízo para todos nós. Sendo assim, entendo que devemos fazer um apelo a esses colegas para que mantenham um pé em cada sistema, montando um Link em sua estação , de forma que continue praticando esse hobby, mas usufruindo das vantagens da Internet.

A proliferação do D-Star e do Echolink na banda dos dois metros, muito provavelmente irá afastar os “petimbadores” da faixa, pois esses indivíduos não têm sucesso com suas intenções maléficas. Esses dois sistemas estão moralizando o VHF. Os “petimbadores” causam um grande prejuízo ao radioamadorismo, pois afastam os mais qualificados e atraem a escória.

A versatilidade do Echolink atrai os colegas mais jovens, que aceitam mais facilmente o sistema. Isto talvez contribua para garantir a sobrevivência do hobby.

Tenho visto muito colegas criticarem o Echolink, sem conhecê-lo com mais profundidade. Vale a pena conhecê-lo melhor antes de sair criticando. Vamos fazer justiça. Qualquer que seja a modalidade, ferramenta, ou recurso, devemos primeiro experimentar e só depois fazer críticas destrutivas.

TKS

73

PY2ATD – Ararides Nepomuceno Filho (Ari).

VI Campori de Desbravadores Grito da Vitória e Divulgação do Radioamadorismo ZY2WGV

Atenção a todos radioamadores estaremos ativos para conteste nos dias 24-29 de julho de 2012 com estação especial ZY2WGV, e PY2AA na cidade de Barretos, SP.

Onde ocorrerá o VI Campori de Desbravadores, onde teremos 14.500 jovens acampados no Parque do Peão na cidade de Barretos.

Teremos a divulgação do radioamadorismo, palestras e integração direta entre os jovens acampados.

Frequências:

10 Metros ……. 28450 USB
80 Metros ……. 3790
40 Metros CW …….. 7030
6 Metros …….. 51105
2 Metros ……. 144.300 USB FM
Echolink sala *Liberdad* 147420 FM

Horários


Indicativo Especial:

ZY2WGV via www.qrz.com

Alguns Operadores:

PU2LRZ Rubens, PU2RML Pedro, PU2TMT Carlos Irineu, PU2VCE Victor, PY2WAS Alex

Localização do evento:

Parque do Peão
Grid Locator: GG59QM
Avenida das Comitivas
Barretos, 14780-970, Brasil

Como chegar:
http://www.independentes.com.br/pt-br/informacoes-turista/como-chegar

Endereço para envio do cartão de QSL:
ZY2WGV – A/C Rubens Zolotujin PU2LRZ
Av. Prof. Magadalena S. Grosso, 850
Jardim Rezek II
Artur Nogueira, SP
13160-000 | Caixa Postal 101

Maiores informações e contato:

www.pu2lrz.qsl.br
www.gritodavitoria.com.br –  Site Oficial do Evento
www.qrz.com/db/zy2wgv
www.desbravadores.org.br – Quem são os Desbravadores

*Fique atento, podemos ter mais frequências e novidades até o evento.

Por favor nos ajude a divulgar este evento, e participem para receber nosso cartão de QSL especial.

Radioamadores pedem proteção contra interferência causada por lâmpadas de LED

 

Representantes do setor de radioamador estiveram reunidos nesta quarta, 18, com o ministro Paulo Bernardo e representantes da Anatel para discutir como driblar a interferência que certos produtos causam neste tipo de comunicação.
A insatisfação dos radioamadores recai sobre os equipamentos que usam lâmpadas de LED que, segundo eles, emitem frequências que interferem na comunicacão do radioamadorismo. “Colocamos para o ministro a necessidade de adaptar o marco regulatório à realidade atual”, afirma o membro do grupo de radioamador Araucária de DX, Atilano Sobrinho.
Além das lâmpadas de LED, que hoje começam a ser usadas na iluminação pública e nos semáforos, alguns equipamentos chineses emitem radiofrequência que interefere na comunicação dos radioamadores. Segundo Sobrinho, é preciso que o Minicom, junto com Inmetro e Anatel, estabeleçam parâmetros seguros para emissão de radiofrequência desses equipamentos.
Os radioamadores também colocaram a necessidade de se reduzir o imposto de importação para que seja possível aumentar o número de 35 mil radioamadores no País. Segundo eles, os equipamentos para a atividade são importados.
A preocupação, segundo ele, também é compartilhada pela Associação Brasileria de Emissoras de Rádio e TV (Abert), com quem os radioamadores estiveram reunidos mais cedo. Sobrinho menciona que algumas lâmpadas ou equipamentos como liquidificadores têm causado interferência no sinal das redes de rádio e TV.

Os radioamadores utilizam frequência licenciada, embora não precisem passar por nenhum processo licitatório para utilizá-las. Também recolhem as taxas de fiscalização do Fistel.
Fonte: Teletime

Aula de telegrafia e radioeletricidade via repetidor da Cram

Estamos retornando com as aulinhas de telegrafia e radioeletrecidade que fizemos no inicio do ano na repetidora do Cram, nossa intenção é realizar um bate papo todos os sabados das 16:00hs às 18:00hs na repetidora de VHF do Cram em 145,210 Mhz subton 74,4.

O objetivo é das aulinhas é insentivar e dar suporte aos amigos que estão querendo se preparar para as provas de promoção para classe B de radioamador e também um espaço para troca de idéas e conhecimentos sobre assuntos ligados ao radioamadorismo.

Gostariamos de convida-los para participarem com a gente todos os sabados à partir do dia 30/07/2011 no horário das 16:00hs às 18:00hs.

Por favor, nos ajudem a divulgar e convidar os amigos a participarem com a gente.

Abraços…

PY2BRL  Marcos.
PY2PWL  Rafael.

Visitem o site www.cw.qsl.br

Desde o dia 18/06/11 está no ar o sistema AIS para a região do Espírito Santo (uma parceira do GECRE e o Marinetraffic.com)

Desde o dia 18/06/11 está no ar o sistema AIS para a região do Espírito Santo (uma parceira do GECRE e o Marinetraffic.com).

O sistema AIS (Automatic Identification System) funciona da seguinte maneira: Embarcações mantém transmissores ligados à GPS que enviam em torno de 10 sinais por minuto às demais embarcações e estações costeiras suas posições, além de destino, ETA, velocidade e outras informações (praticamente em tempo real). Esse sistema foi originalmente projetado para evitar colisões entre embarcações (similar aos Transponders em aeronaves).

Atualmente existem estações costeiras espalhadas em todo o globo que recebem as coordenadas (nas frequências de 161.975 MHz and 162.025 MHz) e enviam para servidores na internet. No Brasil existem atualmente sete estações costeiras receptoras de sinais, nos estados do Amazonas, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. Para completar a cobertura da costa brasileira, desde ontem está no ar a estação PU1BRA/GECRE, monitorando plataformas de petróleo e demais embarcações desde a bacia de campos até no norte do Estado do Espírito Santo.

A estação consiste de um receptor ELGR-161/162 (cedido gratuitamente pelo marinetraffic.com, enviado da Ucrânia ) ligado à internet diretamente em um roteador e uma antena direcional de 7 elementos apontada para 180º (fotos abaio).

Nos links abaixo estão as informações em tempo real das embarcações na baicia de campos e região do Porto de Vitória (captadas pelo sistema) bem como a área de cobertura da estação e dados estatísticos.

Para nós radioamadores, esse sistema é de extrama importância para estudos de propagação.

Estatísticas da estação PU1BRA/Gecre: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/stationdetails.aspx?station_id=808

Mapa de cobertura da estação: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?oldmmsi=808

Movimentação de navios captados: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?level0=100

Detalhes do sistema AIS da marinetraffic.com: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/faq.aspx?level1=160#3

Wikipedia sobre o sistema: http://en.wikipedia.org/wiki/Automatic_Identification_System

Mais detalhes e fotos em http://www.gecre.org

Att,

Werther Krohling
PU1BRA – GG99up
ARRL Member: #3000066634
EPC Member (European Phase Shift Keying Club): #14784
Club: www.gecre.org
Twitter: @werther_k

Frequência de Emergência usadas no Japan divulguem

A1 International Morsecode and Japanese Morsecode Club DX

Solicitam aos Radioamadores do mundo inteiro atenção nas frequencias abaixo, pois estão sendo usadas em emergência

3525KHz+/-5KHz
7030KHz+/-5KHz
14.100MHz+/-10KHz
21.200MHz+/-10KHz
28.200MHz+/-10KHz
50.100MHz、51.000MHz、51.500MHz
144.100MHz、145.000MHz、145.500MHz
430.100MHz、433.000MHz、433.500MHz

Divulguem as frequências, e não usem pois são frequências prioritárias para socorro no Japan.
Thank you for your kind cooperation.

A1 CLUB secretary
Atsu, JE1TRV

http://a1club.net/je1trv/
je1trv@a1club.net
http://a1club.net/
http://jo1zzz.blogspot.com/

Nasa confirma ejeção espontânea e pede auxílio a radioamadores

 

 

A missão FASTAST continuou a operar normalmente com outros cinco satélites científicos funcionando como o planejado.

A agência espacial americana, Nasa, confirmou ontem que o nano satélite experimental NanoSail-D ejetou espontaneamente da estrutura principal do satélite FASTSAT. A ejeção foi identificada pelos engenheiros do Centro Espacial Marshall, que estão solicitando a ajuda de radioamadores na captação dos sinais de rádio emitidos pelo artefato.

A equipe de pesquisadores responsáveis pelo experimento conta com os informes dos radioamadores para verificar se o satélite está em boas condições e se poderá completar a missão de vela solar para o qual foi projetado. Os sinais de telemetria estão sendo emitidos através de packet-radio na frequência de 437.270 MHz e qualquer informação poderá ser enviada diretamente ao centro de controle da missão, na Universidade de Santa Clara, em http://nanosaild.engr.scu.edu/dashboard.htm

Após a ejeção, um temporizador a bordo do satélite iniciou uma contagem regressiva de três dias. Quando chegar a zero, o que deverá ocorrer no sábado, um mecanismo automático iniciará o desdobramento de uma vela plástica de 9.2 metros quadrados, fundamental para a continuidade da missão.

nanosat_nanosail-d

Para saber se a vela foi perfeitamente aberta os pesquisadores usarão os sinais de telemetria captados pelos radioamadores, por isso os informes estão sendo ansiosamente aguardados.

nanosat_nanosail-d_2

“Estamos ansiosos para ouvir o sinal da telemetria nos dizer que está tudo bem com o satélite”, disse Dean Alhorn, engenheiro aeroespacial ligado ao Centro Marshall e principal investigador do experimento. “Nossa equipe está bastante confiante e acredita NanoSail-D esteja em boas condições e apto a conduzir a missão”, completou o cientista.

Planejada
A ejeção planejada foi iniciada no dia 6 de dezembro de 2010, quando os engenheiros confirmaram que o compartimento que abrigava o satélite havia sido aberto e o pequeno NanoSail-D havia sido ejetado. No entanto, análises feitas posteriormente indicaram que não havia evidências de que o objeto havia entrado em órbita, fazendo a equipe acreditar que NanoSail-D ainda permanecia dentro do corpo do satélite principal.

A missão FASTAST continuou a operar normalmente com outros cinco satélites científicos funcionando como o planejado.

“Sabíamos que o compartimento estava aberto e que NanoSail-D poderia ejetar-se por si próprio”, disse o diretor do projeto Mark Boudreaux. “Nessa manhã tivemos a confirmação de que isso realmente aconteceu”.
Se a abertura das velas ocorrer como previsto, NanoSail-D deverá permanecer em órbita baixa entre 70 e 120 dias, dependendo das condições de arrasto da atmosfera. O artefato foi projetado para de mostrar o funcionamento de abertura de uma vela solar compacta, que poderá ser usada como alternativa de propulsão. Além disso, a missão FASTSAT tem o objetivo de testar a habilidade de ejetar nanosatélites a partir de um microssatélite.

Fotos e Vídeo: No topo, Engenheiros do centro espacial Marshall, da Nasa, posam ao lado da vela solar, após o teste de abertura do dispositivo. Na sequência, o engenheiro Doug Huie, ligado à universidade do Alabama, ajusta cuidadosamente o mecanismo usado para liberar a vela solar. NanoSail-D mede 10 cm x 10 cm x 32 cm e pesa cerca de 4.5 quilos. Acima, vídeo mostra o mecanismo sendo testado no laboratório. Crédito: Centro Espacial Marshall, Nasa / Youtube / Apolo11.com.

Fonte: Apolo11 – http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Nasa_confirma_ejecao_espontanea_e_pede_auxilio_a_radioamadores&posic=dat_20110120-092013.inc

Como ajudar na tragédia na região serrana do Rio de Janeiro

Interessados devem doar principalmente água, alimentos, roupas e colchonetes

ScreenShot011

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE E DEFESA CIVIL – SESDEC/RJ

Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil
Avenida Graçaranha 182 – 4º andar
Bairro: Centro
Rio de Janeiro/RJ
20030-001

Expediente:

Plantão 24:00 h
Secretário Estadual de Saúde e Defesa Civil – RJ:

SÉRGIO LUIZ CÔRTES DA SILVEIRA
Subsecretário de Estado de Defesa Civil e Comandante Geral do CBMERJ:

CEL. BM PEDRO MARCO CRUZ MACHADO
Superintendente Operacional de Defesa Civil:

CEL. BM LUÍS GUILHERME FERREIRA DOS SANTOS


Diretor do Deparmanto Geral de Defesa Civil:

CEL. BM Marcos Vinícius Monteiro Rossi

Contatos:

Telefones: (21) 2332-6123, 3399-4000 e 3399-4178
Fax: (21) 2333-7777
E-mail: comandante@cbmerj.rj.gov.br
Sítio: http://www.defesacivil.rj.gov.br

Via Echolink você pode ter informações na Sala de Conferência ITATIAIA que esta interligada com a Defesa Civil do Rio de Janeiro.

Site: http://itatiaia.webs.com/
Labre-RJ: www.labre-rj.org.br

Repetidora da Região dando aporte QTC SOS:

145350 Off-set – “Nova Friburgo, RJ” QTC SOS

146530 Off-set – “Teresópolis, RJ” QTC SOS

147210 Off set + “Petrópolis, RJ” QTC SOS

146770 “Rio de Janeiro,RJ” Labre-RJ

PY1NIT – 146.870 MHz (-600 kHz) Niterói

Só entre se for radioamador e queira ajudar ou necessite de ajuda. Se não for radioamador procure um radioamador habilitado para solicitar ajuda. Qualquer interferência nas comunicações nessas frequências por radioamador habilitado ou clandestino será interpretada como violação da Legislação de Comunicação vigente. Vamos colaborar, pois existem muitas pessoas em estado desesperador na região serrana do Rio de Janeiro necessitando de ajuda.

Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão do Rio de Janeiro
Av Treze de Maio, 13 Sala 2013, 20º andar – CEP 20031-901 Centro, Rio de Janeiro/RJ
Tel.: (21) 2215-3027 das 14h às 18h – E-mail: py1aa@labre-rj.org.br
Caixa Postal 58, CEP 20010-974, Rio de Janeiro – RJ


As pessoas interessadas em ajudar as famílias que perderam as casas nas chuvas que atingiram a região serrana do Estado do Rio de Janeiro podem procurar um dos postos abaixo e fazer as doações. As maiores necessidades são água, alimentos não perecíveis, colchões e remédios. Saiba onde e como contribuir.

Petrópolis

– Centro de Cidadania de Itaipava, que fica na estrada União Indústria 11.860.

– Setrac (Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania), na rua Aureliano Coutinho, 81, centro (Fundos do prédio da Ampla).

– Fundação Leão 8, que fica na rua General Osório, 12, 2º piso, centro.

– Sede da LBV (Legião da Boa Vontade) no Cascatinha. O endereço é rua Luiz Pellegrini, 128.

– Museu Imperial, na rua da Imperatriz, 220, centro.

– Sindicato dos Professores de Petrópolis e Região, na rua Floriano Peixoto, 239, centro.

Teresópolis

–  Ginásio Pedrão, localizado na rua Tenente Luiz Meirelles, 211, centro.

– Fundação Leão 8, que fica na rua Josafá Cupelo, 390, Bairro de Fátima.

A administração municipal disponibilizou duas contas bancárias para depósito de doações. No Banco do Brasil o nome da conta é “SOS Teresópolis – donativos”. Agência: 0741-2 (Banco do Brasil) / Conta: 110000-9. Na Caixa Econômica Federal a agência 4146, conta corrente 2011-1.

Nova Friburgo

– Sede da Prefeitura, localizada na avenida Alberto Braune, 225, centro.

– Igreja Catedral Matriz, na praça Getúlio Vargas, centro.

– Polo da FIA (Fundação da Infância e Adolescência), que fica na avenida Julius Antônio Thuller, 480, Olaria.

A administração municipal abriu uma conta no Banco do Brasil para doação às vítimas da cidade. Nome da conta: SOS Nova Friburgo. Agência é 0335-2 e a conta corrente 12000-3.

Rio de Janeiro

– Metrô Rio, em parceria com a ONG Viva Rio, recolhe doações em 11 estações das linhas 1 e 2: Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos. Poderão ser doados até o dia 11 de fevereiro água, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

– Cruz Vermelha, na praça da Cruz Vermelha 10, centro.

– Rodoviária Novo Rio, na avenida Francisco Bicalho, 1, Santo Cristo. A rodoviária recebe doações para a Cruz Vermelha, que podem ser feitas no embarque inferior, das 9h às 17h.

– Shopping Leblon, na avenida Afrânio de Melo Franco, 290, no Leblon. Tem um setor de coleta de doações no SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), no primeiro piso.

– Secretaria Estadual de Assistência Social recebe doações na sede da FIA (Fundação da Infância e Adolescência) em Botafogo e Niterói. Em Botafogo, na zona sul do Rio, o endereço da FIA é rua Voluntários da Pátria, 120. Em Niterói, a FIA fica na rua General Castrioto, 589, Barreto.
– Viva Rio. O Programa de Voluntariado do Viva Rio iniciou a campanha S.O.S Região Serrana. Quem quiser pode enviar donativos para rua do Russel, 76, na Glória, ou depositar na conta corrente do Banco do Brasil 411396-9, agência: 1769-8; o CNPJ é 00343941/0001-28.

– Agências do banco Itaú / Unibanco estão com pontos de arrecadação. A instituição também disponibilizou uma conta para doações, que serão encaminhadas ao governo do Estado do Rio, que vai distribuir para os municípios atingidos. A conta está em nome do Fundo Estadual de Assistência Social do Estado do Rio de Janeiro, agência 5673, conta: 00594-7. O CNPJ é 02932524/0001-46.

– Hemorio, na rua Frei Caneca, 8, centro, das 7h às 18h. O Hemorio pede que as pessoas doem sangue para as vítimas das chuvas. Os estoques estão quase zerados. Pode doar sangue quem tiver entre 18 e 65 anos, mais de 50 quilos e estiver bem de saúde. Basta levar um documento oficial de identidade com foto. Informações e agendamento pelo disque sangue 0800-282-0708.

– Inea (Instituto Estadual do Ambiente), na avenida Venezuela, 110, Praça Mauá, centro.

– Todos os campus da Unisuan estão disponíveis para doação. Ao todo são 12 endereços em diversas localidades. Mais informações no Tel. 0800.2820-007

Outros pontos

– Rodovia BR-040, nas praças de pedágio situadas em Duque de Caxias (km 104), Areal (km 45) e Simão Pereira (km 816), além da sede da empresa (km 110/JF, em Caxias). Nas praças de pedágio, as doações podem ser entregues nos postos do serviço de informação ao usuário da rodovia.

– Em Mesquita, na Baixada Fluminense, é possível fazer doações nas 30 escolas municipais. A cidade também disponibilizou o telefone da Defesa Civil, (0xx21) 2696-2391 (plantão) e o da Ouvidoria: 08002829260, para orientar quem for fazer doações.

–  Praça de pedágio da ponte Rio-Niterói, do lado direito de quem chega a Niterói, onde a concessionária instalou um contêiner especialmente para receber as contribuições. Mais informações pelo Disque CCR Ponte 24 horas pelo telefone (0xx21) 2620-9333.

– Prefeitura de São Gonçalo, que disponibilizou 11 Centros Regionais de Assistência Social para receber doação. Os endereços são:
Cras Centro: Rua Aloísio Neiva, 347 (próximo ao Hospital Menino de Deus)
Cras Engenho Pequeno: Rua Mentor Couto, 925 (antigo Fire Day)
Cras Itaoca: Rua Antônio Leôncio, Lote 33
Cras Salgueiro: Rua Sobral Campos, 101
Cras Alcântara: Rua Uriscina Vargas, 36
Cras Guaxindiba: Rua Aquilino de Carvalho, s/n º (Polo Municipal Guaxindiba)
Cras Santa Izabel: Estrada de Santa Izabel, 95
Cras Tribobó: Rua Alfeu Rabelo, lote10, Quadra 04
Cras Vista Alegre: Rua São Pedro, 2 (antiga LBA)
Cras Jardim Catarina I: Rua Visconde de Seabra, s/nº Santa Luzia  (E.M. Anísio Teixeira na antiga rua 28)
Cras Jardim Catarina II: Rua Camilo Formige, lote 06, Quadra 153 (próximo ao Ale na antiga rua 40).

– Supermercados. Postos de coleta foram montados em todas as lojas das redes Pão de Açúcar, ABC Comprebem, Sendas, Extra e Assaí, em todo o Estado Rio de Janeiro.

– Polícia Rodoviária Federal, nos seguintes pontos:
BR-116: KM 133 (Doações 24 horas)
BR-101: KM 269 (Doações 24 horas)
BR-040: KM 109 (Doações das 8h às 17h)
BR-116: KM 227 (Doações das 8h às 17h)

– Quatro praças de pedágio da concessionária Rota 116 S/A. Os interessados devem entregar materiais e alimentos não perecíveis, água, leite, roupas e artigos de cama e banho, além de colchonetes, nas próprias cabines de pedágio de Itaboraí, Cachoeira de Macacu, Nova Friburgo e Macuco.

– CRT (concessionária que administra a rodovia Rio-Teresópolis), a BR-040,  disponibiliza a praça principal de pedágio, em Piabetá, no km-133,5, para doações.

– Polícia Militar. Todos os batalhões da PM do Estado serão centros de recepção de doações. Pede-se a doação de água mineral, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

– Shopping Plaza Macaé – Av. Aluisio da Silva Gomes, 800, Granja dos Cavaleiros, em Macaé, no norte fluminense.

Fonte: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/populacao-pode-ajudar-as-vitimas-das-enchentes-da-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro-20110113.html